Eventos

Feira ProWein ganha edição brasileira

A maior feira de negócios de vinho do mundo ganha uma versão brasileira, em São Paulo, a partir deste ano de 2020. A primeira edição vai acontecer entre os dias 20 e 23 de outubro próximo, no Transamerica Expo Hall.

Trata-se da ProWine São Paulo, que faz parte do mesmo grupo que organiza a ProWein, em Düsseldorf, na Alemanha, com mais de 60 mil visitantes de cerca de 140 países, e outros três eventos-satélite na Ásia.

“A ProWine São Paulo vai ser o hub para a América Latina”, explica Christian Burgos, presidente do Inner Group, que é o responsável pela comunicação e a comercialização do evento no Brasil.

Segundo o executivo, o ProWine World já vem realizando a comercialização de estandes no exterior enquanto a organização do evento está a cargo da Emme Brasil, que representa no país a Messe Düsseldorf, organizadora da ProWein.

Em 2019, a Emme Brasil e o Inner Group (que publica a revista ADEGA) realizaram a Provino, feira de negócios inspirada justamente na ProWein. Depois de anos ensaiando uma vinda ao Brasil, representantes da feira alemã participaram do evento do último ano, que teve 2.600 visitantes, e decidiram investir no projeto, transformando-o na ProWine São Paulo.

Para profissionais

“É uma feira exclusiva para profissionais do mercado de vinho, diferente de outros eventos em que os visitantes são consumidores, que estão ali para degustar diferentes rótulos”, explica Burgos. “A ideia é reunir lojistas, sommeliers, gerentes de alimento e bebida de cadeias de hotéis, compradores e vendedores de redes de supermercados, importadores e representantes de sites que comercializam vinho pela internet, que visitam a feira para saber o que está acontecendo no mercado e fazer negócios”.

Além de tornar o sistema de reuniões entre compradores e vendedores mais eficiente, a ProWine São Paulo vai manter a linha de conteúdo das palestras da Provino. Serão seminários profissionais, com foco no trade, não em degustações, abordando tendências do mercado e dando orientações de como servir melhor e compreender o consumidor e como vender mais vinhos, entre outros assuntos.

“O mercado brasileiro em particular e o latino-americano em geral estão cada vez mais profissionais, e crescendo. Vimos nesse evento uma oportunidade de atender essa necessidade”, continua Christian Burgos. A escolha de São Paulo como base do ProWine World na região aconteceu porque o Brasil responde por 50% de toda a importação de vinhos na América Latina – incluindo o México –, dos quais 65% vêm de Chile, Argentina e Uruguai.

O evento

Em relação à Provino, a ProWine São Paulo espera crescer 50% em área e 100% no número de visitantes, devendo receber pelo menos 200 expositores de 20 países e mais de cinco mil visitantes. Além de importadores, há diversas delegações de países (ou regiões) com estandes confirmados, como Portugal (incluindo grupos independentes do Tejo e outras regiões), França, Itália, Catalunha, Chile e Argentina.

A alemã ProWein ocorre desde 1995, quando recebeu pouco mais de 1.500 visitantes. Hoje, a feira ocupa nove pavilhões onde se acomodam pelo menos oito mil expositores de mais de 60 países para receber cerca de 61 mil visitantes.

Além da ProWein e da ProWine São Paulo, fazem parte do grupo ProWine World a ProWine Asia, que intercala eventos entre Hong Kong e Cingapura, e a ProWine China, que acontece em Xangai.

Calendário ProWine World 2020-2021

ProWein, Düsseldorf, de 15 a 17 de março de 2020

ProWine Asia, Singapore, de 31 de março a 03 de abril de 2020

ProWine São Paulo, de 20 a 23 outubro de 2020

ProWine China, Shanghai, de 13 a 15 de novembro de 2020

ProWine Asia, Hong Kong, de 18 a 21 de maios de 2021

 

 

 



Assine Nossa Newsletter

e receba novidades, promoções e convites para eventos da importadora Winebrands