Viagem

Punta Ballena, uma pérola ao lado de Punta del Este

Quem visita o Uruguai tem no eixo Montevidéu-Punta del Este um roteiro bastante tentador. A capital oferece uma gastronomia irretocável em sua Cidade Velha, sobretudo para quem aprecia excelentes cortes de carne preparados de maneira única (parrilla uruguaia) e servidos tenros e suculentos.

Já o luxuoso balneário fez fama com suas deslumbrantes praias e a irresistível badalação turística durante os meses quentes do ano.

Mas o turismo no Uruguai vai além de seus destinos mais famosos. Ao lado de Punta Del Este, dentro do distrito de Maldonado, próximo ao aeroporto internacional Capitan Corbeta CA Curbelo-Laguna del Sauce (PDP), com voos diretos de Guarulhos, a península de Punta Ballena merece um roteiro dedicado.

Casapueblo

Com um dos principais mirantes para observação de baleias do país, o que acontece entre os meses de julho e novembro, Punta Ballena também ostenta uma obra-prima arquitetônica, a famosa Casapueblo, construída pelo artista uruguaio Carlos Páez Vilaró para ser sua residência de verão. Entre e perca-se pelos labirintos deste museu e ateliê antes de fazer uma pausa para refeição ou café lá mesmo, com ótima seleção de bebidas e uma vista privilegiada da região.

Laguna Del Sauce

Depois de investimentos importantes na última década, Punta Ballena conta com uma ótima infraestrutura turística, o que significa hotéis de tirar o fôlego, como o cinco estrelas Hotel del Lago Golf & Art Resort, com uma vista magnífica para a Laguna Del Sauce, uma grandiosa reserva de água doce onde se praticam esportes náuticos a vela e remo, e muitos restaurantes com boa mesa, além de praias de areia fina e águas calmas, paisagens espetaculares e natureza abundante.

Vinícolas

Para quem aprecia um bom vinho, a vitivinicultura da região, com forte influência oceânica, vem ganhando protagonismo nos últimos 20 anos. Há ali a rota Caminho de los Vinos, de vinícolas familiares. Uma ótima recomendação para quem está em Punta Ballena é viajar cerca de 16 quilômetros e visitar a bodega Alto de La Ballena. No caminho, curta a vista da Laguna del Sauce cercada por um bosque e deslumbrantes residências.

A vista dos vinhedos da Bodega Alto de La Ballena do deque onde os visitantes são recebidos pela simpática enóloga da casa para degustações de seus vinhos – com queijos, azeites e pães – já vale a viagem. Segundo o jornal New York Times, “é talvez a mais cênica entre as vinícolas da região”. Trata-se de uma vinícola “boutique” com uma estrutura simples e aconchegante. Hoje são cerca oito hectares de vinhedos.

Vinhos

A região recebe uma brisa mais que agradável, típica de uma região de encontro entre o delta de um grande rio (o Prata) e o oceano (o Atlântico). Ela é responsável pelo frescor dos vinhos. Entre os rótulos, há varietais como Merlot, Cabernet Franc e Syrah, mas a uva ícone do país, a Tannah, rouba a cena em um celebrado casamento com a branca Viognier: “Intrigante”, conforme classificou o NYT. Procure degustá-lo ao pôr do sol.

Punta Del Este

De volta a Punta Ballena, não deixe de ir a Punta del Este, que fica a 15 quilômetros dali. O balneário é considerado por muitos a “Mônaco” sul-americana, mesclando luxo e descontração. Além da tradicional escultura “Los dedos”, Punta del Este conta com inúmeras praias, algumas de águas mais tranquilas, outras com ondas, todas muito bonitas. Caminhar pela orla da Praia Mansa é uma experiência irrecusável. Para a noite, come-se muito bem em Punta del Este, são muitas opções de restaurantes.

A melhor época para visitar as penínsulas do Uruguai é esta, de calor no Hemisfério Sul. De dezembro a abril, os balneários pulsam e atraem gente do mundo todo, principalmente do Brasil e da Argentina. No inverno, muitos viajam para lá para observar as baleias.

 

 



Assine Nossa Newsletter

e receba novidades, promoções e convites para eventos da importadora Winebrands