Entrevistas

Um bate-papo com o novo presidente da ABS Campinas

A subseção de Campinas da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS) vai realizar no próximo dia 17 de janeiro, no Royal Palm Plaza Tower, no centro da cidade, um coquetel de apresentação de sua nova diretoria, que assume para este próximo triênio. O novo presidente será o sommelier profissional Eduardo Serra Sartori, formado pela própria ABS, nascido e criado nas proximidades de Campinas, no interior de São Paulo, mais especificamente na cidade de Itapira. Descendente de italianos, da região do Vêneto, aos 39 anos de idade, hoje ele reside em três cidades, Itapira, Campinas e São Paulo, dependendo do evento de vinho que realiza. Eduardo Sartori conversou com o blog “Wine Not?” e falou dos planos da nova diretoria da ABS Campinas.

Coquetel de apresentação da nova diretoria será dia 17 de janeiro, às 20h, no Royal Palm Tower

Qual é o seu trabalho hoje?

Sou originalmente fisioterapeuta formado pela PUC de Campinas, mas atualmente trabalho exclusivamente com vinho. Sou professor, palestrante, faço eventos corporativos, confrarias, trabalho em eventos em hotéis, e tudo o que envolve o mundo do vinho, principalmente enogastronomia, atividade que me identifico, em jantares harmonizados, para diversos segmentos de hotéis.

O que o encanta no vinho?

Sua diversidade. É uma bebida que está ligada a tantas e tantas tradições. A tantos momentos marcantes na História da humanidade. E são diversas opções. Doce, fortificado, branco, rosé, frisante… E tem ainda a relação com a gastronomia. Isso realmente me encanta.

Como surgiu essa relação com o mundo do vinho?

Meu primeiro contato foi numa palestra na minha cidade, Itapira, ministrada pelo hoje vice-presidente da ABS, o Doutor Arthur Azevedo. Foi em 1999. Ele falava um pouco dos vinhos do Velho Mundo e do Novo Mundo. Dali em diante, encantei-me por esse universo. Comecei a viajar e conhecer vinícolas. Posteriormente, nasceu uma paixão muito grande pela gastronomia. E, obviamente, a parceria vinho e gastronomia. Fiz alguns cursos e acabei me encantando pela magia de harmonizar vinho e comida. Mais recentemente, uma querida amiga, proprietária de um empório da minha cidade, chamada Taís Consorte, incentivou-me a buscar a profissionalização e procurar a ABS. Primeiro fiz o curso na ABS-SP, entrei lá em 2014. Desde então, venho participando de todos os cursos possíveis.

Quais os planos para a ABS-Campinas?

A ABS está presente em oito estados da federação e é filiada à ASI (Association de la Sommellerie Internationale), presente em mais de 60 países, oferecendo uma ampla gama de cursos, com  diplomas e certificações de âmbito nacional e internacional. A ABS-SP é, hoje, a principal entidade formadora de sommeliers e profissionais da área do vinho e outras bebidas no estado de São Paulo, além de ser considerada a melhor fonte idônea sobre vinhos produzidos e comercializados no Brasil. A ABS Campinas tem os mesmos objetivos e segue os mesmos padrões de excelência estabelecidos pela ABS-SP, que em 2019 completa 30 anos de atividades ininterruptas. Ou seja, difundir a cultura do vinho e de outras bebidas no mais alto nível, qualificando pessoas interessadas tanto em simplesmente ampliar seus conhecimentos a respeito como em atuar profissionalmente no mercado.

Como isso vai acontecer?

A ABS Campinas oferecerá a seus associados a mesma gama de cursos já oferecida pela ABS-SP, com destaque para os já consagrados cursos de Introdução ao Mundo do Vinho e de Formação de Sommeliers Profissionais. Ressalte-se que os cursos realizados pela ABS Campinas serão ministrados por professores previamente certificados em suas respectivas áreas de especialidade pela própria ABS-SP. Cumpre esclarecer que, até julho de 2018, a ABS-SP tinha outra associada registrada como sua subseção Campinas. Na ocasião, essa antiga associada decidiu adotar nova razão jurídica, deixando de ser filiada à ABS-SP, com a qual não mantem, desde então, nenhum tipo de vinculação. Ou seja, apenas a ABS-SP e suas subseções oficiais estão aptas ministrar cursos e a emitir certificados com a chancela da Associação Brasileira de Sommeliers e da ASI.

Quais cursos serão ministrados?

Curso básico, profissional, enogastronomia e pretendemos também incorporar o curso de coquetelaria.

Que outras ações estão previstas?

Vamos fazer parcerias com restaurantes, lojas e outros estabelecimentos… Aqui em Campinas existem mais de 50 estabelecimentos voltados para o universo do vinho. Também pretendemos estar mais presentes nas mídias sociais. Nosso objetivo é, além de formar muita gente, fomentar a cultura do vinho. Hoje, o vinho está em alta entre os jovens, que procuram cada vez mais informações sobre esse universo. Campinas tem hoje 1,2 milhão de habitantes. Na região metropolitana, estamos falando de 3,5 milhões de pessoas, com dezenas de lojas, empórios, restaurantes. Vamos incentivar os jovens, promover feiras, eventos, para atrair cada vez mais gente para esse mundo do vinho. Tudo o que tiver de evento para promover a cultura dessa bebida. Hoje você entra em um restaurante, de cada dez pessoas, seis ou sete estão tomando vinho, é um cenário muito positivo para nós. As pessoas estão atrás, estão procurando. Grande expectativa numa região tão importante como é Campinas e região.

Quem vai encabeçar a nova diretoria?

Vamos assumir a diretoria com um mandato de três anos. Ela será encabeçada por mim, Eduardo Serra Sartori, como presidente, e José Marcos Medeiros Júnior, como vice-presidente.

 

 



Assine Nossa Newsletter

e receba novidades, promoções e convites para eventos da importadora Winebrands